Share on facebook
Share on pinterest
Share on print

Saiba mais sobre a edição da Volta a Portugal em Bicicleta em 2021, que ocorre no Norte, Centro e Região de Lisboa.

A Volta a Portugal em Bicicleta regressa à estrada de 4 a 15 de agosto de 2021, contribuindo assim para divulgar as belas paisagens e animar as localidades por onde passa.

Venha saber mais!

O que é a Volta a Portugal em Bicicleta?

A Volta a Portugal em Bicicleta é inegavelmente a maior prova do ciclismo português, com grande impacto mediático, que decorre em várias regiões do País. A prova conta com a participação de ciclistas e equipas quer nacionais, quer estrangeiras.

Pelotão de ciclistas na Volta a Portugal
Pelotão de ciclistas

A exemplo do Tour de France, Vuelta a España e Giro d’Italia, a Volta a Portugal é igualmente uma das corridas de ciclismo mais antigas do mundo.

A Volta a Portugal realiza-se desde 1927 e faz parte das competições internacionais da União Ciclista Internacional (UCI), a saber, a associação que integra as federações nacionais de ciclismo de diversos países.

Os ciclistas percorrem as estradas portuguesas, enfrentando desse modo diversos graus de dificuldade. Nos contra-relógios, os velocistas mais rápidos tomam vantagem, ao passo que nas provas de montanha, com subidas e descidas sinuosas, os “trepadores” destacam-se.

Carro de apoio aos ciclistas com bicicletas no tejadilho Volta a Portugal; Cyclists upport car with bicicles on the roof
Carro de apoio

Ao longo das etapas, os “corredores” tiram partido ao máximo não apenas das suas capacidades físicas e técnicas, como também contando com o apoio das suas equipas.

Provas de ciclismo em Portugal (além da Volta a Portugal)

Além da Volta a Portugal, destacamos as seguintes competições de ciclismo, reconhecidas internacionalmente, realizados no País, a saber:

  • Volta ao Algarve em Bicicleta;
  • Volta ao Alentejo;
  • Grande Prémio Internacional Beiras e Serra da Estrela;
  • Grande Prémio de Torres Vedras;
  • Clássica Aldeias do Xisto
  • Clássica da Arrábida.

Volta a Portugal 2021

Data: 4 a 15 de agosto

Local: Norte, Centro e Região de Lisboa

Mais informações:  www.volta-portugal.com

Nota: Dado que poderão haver alterações no programa, indicamos o site oficial.


PRóLOGo (4 agosto): 5,4 KM

Lisboa > Lisboa – Esta cidade foi o local da partida e do prólogo, e contou com provas de contra-relógio individual.

1ª ETApa (5 AGoSTo): 175,8 KM

Torres Vedras > Setúbal

2ª Etapa (6 AGoSTo): 162,1 KM

Ponte de Sôr > Castelo Branco

3ª Etapa (7 agosto): 170,3 KM

Sertã > Covilhã (Torre)

4ª etapa (8 agosto): 181,6 KM

Belmonte > Guarda

5ª Etapa (10 agosto): 171,3 KM

Águeda > Santo Tirso (N. Srª. Assunção)

6 etapa (11 agosto): 182,4 KM

Viana do Castelo > Fafe

7 Etapa (12 agosto): 193,2 KM

Felgueiras > Bragança

8ª Etapa (13 agosto): 160,7 KM

Bragança > Montalegre (Serra do Larouco)

9ª etapa (14 agosto): 145,5 KM

Boticas > Mondim de Basto (Srª. do Graça)

10ª Etapa (15 agosto): 20,3 KM

Viseu – Assim, esta cidade recebeu o final da competição, após a realização de provas de contra-relógio individual.

Volta a Portugal 2020: Percurso

A edição de 2020 da Volta a Portugal em Bicicleta teve início em Fafe, que não é apenas o local da partida, como também o palco do prólogo, com provas de contra-relógio.

Ao passo que Lisboa recebeu o final da competição, após a realização das provas de contra-relógio individual.

Toda a edição ocorreu principalmente nas Regiões Norte e Centro de Portugal e Região de Lisboa. A Torre foi inegavelmente o ponto mais alto da prova e Setúbal, o concelho mais a Sul do País por onde a Volta a Portugal passou.

Ciclistas numa subida da Volta a Portugal
Ciclistas em esforço numa subida

A Volta a Portugal em 2020 contou entretanto com várias metas volantes ao longo de percursos que exigem muito dos ciclistas. Entre os quais estão, por exemplo, os conta-relógios e as contagens de montanha pontuáveis, com subidas de categoria especial (as mais difíceis), 1ª, 2ª, 3ª e 4ª categorias.

Volta a Portugal 2020: Etapas e Datas

Da edição especial da Volta a Portugal 2020, num percurso total de 1.183,9 KM, destacamos as etapas:

(Legenda: CRI – contra-relógio individual; MV – meta volante; PM – prémio de montanha de xª categoria)

PRÓLOGO (27 setembro): 7 KM (CRI)

FAFE > FAFE – Esta cidade foi o local da partida e do prólogo, e contou com provas de contra-relógio individual.

1ª ETAPA (28 SETEMBRO): 180 KM

MONTALEGRE > Salamonde (MV) > Alto de Covide (PM 3ª cat.) > Terras de Bouro > Caldelas > Vila Verde (MV) > Barroselas (MV) > VIANA DO CASTELO (Santa Luzia – PM 3ª cat)

2ª ETAPA (29 SETEMBRO): 167 KM

PAREDES > Antarte (PM 4ª cat) > Paredes (MV) > Amarante (MV) > Serra do Marão (PM 1ª cat) > Velão (PM 4ª cat) > Barreiro (PM 1ª cat) > Ermelo > Vilarinho > Mondim de Basto (MV) > MONDIM DE BASTO (Senhora da Graça – PM 1ª cat)

3ª ETAPA (30 SETEMBRO): 171,9 KM

FELGUEIRAS > Marco de Canaveses (MV) > Baião > Resende (MV) > Lamego (PM 3ª cat) > Lamego (MV) > Bigorne (PM 2ª cat) > Castro Daire > Carvalhal > VISEU

4ª ETAPA (1 outubro): 148 KM

GUARDA > Celorico da Beira (MV) > Gouveia (MV) > Penhas Douradas (PM 2ª cat) > Manteigas > Sarzedo (PM 3ª cat) > Covilhã (MV) > Penhas da Saúde > COVILHÃ (TORRE – PM cat. especial) 

5ª ETAPA (2 OUTUBRO): 176,3 KM

OLIVEIRA DO HOSPITAL > Arganil > Celavisa (PM 4ª cat) > Góis (MV) > Penacova (MV) > Espinheira (PM 4ª cat) > Luso > Mealhada > Cantanhede > Sangalhos (MV) > ÁGUEDA

6ª ETAPA (3 OUTUBRO): 155 KM

CALDAS DA RAINHA > Alfeizerão (PM 4ª cat) > Alcobaça (MV) > Óbidos > Bombarral > Cadaval (MV) > Vimeiro > Santa Cruz (MV) > TORRES VEDRAS

7ª ETAPA (4 OUTUBRO): 161 KM

LOURES > Sacavém > Bucelas > Carvalha (PM 4ª cat) > Arruda dos Vinhos > Vila Franca de Xira (MV) > Montijo (MV) > Palmela (MV) > Alto da Arrábida (PM 2ª cat) > SETÚBAL

8ª ETAPA (5 OUTUBRO): 17,7 KM (CRI)

LISBOA (Parque das Nações) > LISBOA (Praça do Comércio) – Assim, esta cidade recebeu o final da competição, após a realização de provas de contra-relógio individual.



Booking.com

Na classificação geral final os sete primeiros lugares foram ocupados por ciclistas portugueses:

  1. Amaro Antunes (W52/FC Porto) que venceu a edição, o “camisola amarela”;
  2. Gustavo Veloso (W52/FC Porto);
  3. Frederico Figueiredo (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel) ;
  4. Joni Brandão (Efapel);
  5. João Benta (Rádio Popular – Boavista);
  6. António Carvalho (Efapel);
  7. João Rodrigues (W52/FC Porto).

Faça o Pin deste artigo para usufruir a Volta a Portugal, ao máximo e quando quiser!

Volta a Portugal em Bicicleta
PIN Volta a Portugal em bicicleta
Para saber mais sobre os locais que recomendamos no País, então visite a página Destinos em Portugal.

Este artigo contém links afiliados. Ao fazer uma compra através desses links, não paga mais por isso e ajuda a manter este blog. Gratos!

Gostou deste artigo? Partilhe-o por favor com os seus amigos!

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on print
Print
Share on email
Email
Alojamento

Booking.com

Top Artigos
Temas
Categorias
Escolher Categoria
Blog Membro
Selo ABVP Associação de Bloggers de Viagem Portugueses
Previsão do Tempo
Previsão do Tempo